> Palavras não ditas.: 2010

Dor ...


.

...ela vem de várias formas, quando ficamos doentes sentimos dor, vamos ao hospital, os médicos receitam remédios para tomarmos, com isso a dor ameniza ou some.
Tem também aquelas "pontadinhas" dolorosas normais que vivemos no dia-a-dia, devido a raiva que passamos ou outra coisa do tipo. Mas, tem dores que vem no seu nível mais elevado, que tira nossa alegria, e bloqueia tudo ao nosso redor, fazendo agente se concentrar somente no quanto dói.
Como lidamos com a dor é problema nosso, superamos, anestesiamos, abraçamos, ignoramos ou simplesmente vamos levando.
O que nos resta é descarta-la e esperar para que ela passe sozinha.

Não existe soluções fáceis para curar uma dor, algumas vezes podemos até contorná-la, mas na maioria das vezes a dor nos pega onde menos esperamos.


A verdade é que não tem como contornar
a dor,temos que superá-la por que a
cada dia a vida dói mais.




Gray's Anatomy
adaptação Ingrid Rodrigues

Will you be there


.


In our darkest hour
In my deepest despair
Will you still care?
Will you be there?

In my trials and my tribulationsThrough our doubts and frustrations
In my violence
In my turbulence
Through my fear and my confessions
In my anguish and my pain
Through my joy and my sorrow
In the promise of another tomorrowI'll never let you part
For you're always in my heart



No nosso momento mais sombrio
No meu pior desespero
Você ainda vai se importar?
Você estará lá?
Nas minhas provações e minhas tribulações
Pelas nossas dúvidas e frustrações
Na minha violência
Na minha turbulência
Pelo meu medo e minhas confissões
Na minha angústia e minha dor
Pela minha alegria e minha tristeza
Na promessa de um outro amanhã
Nunca deixarei você partir
Pois você está para sempre no meu coração



Michael Jackson.

Chega!


.




E eu corro no espelho de novo e repito cem vezes que não gosto de você. Não gosto de você. Não gosto de você. Porque se eu gostar de você, eu sei que você vai embora. E eu simplesmente não aguento mais ninguém indo embora. Porque nessa vida maluca só se dá bem quem ignora completamente a brevidade da vida e brinca de não estar nem aí para o amor. E eu preciso me dar bem e por isso ignoro minha urgência pelo amor. A minha urgência por você. Porque, se você sentir urgência em mim, vai é correr urgente daqui.
Chega!



tati b.

' viver


.


Não temos que ter medo da morte, e sim de morrermos sem termos vivido.

.


.


Encontro-me mais uma vez, deitada em minha cama , presa ao meus pensamentos - eles são tantos- divida entre tantas coisas.
E na incerteza do futuro, não sei se cabe a mim, tomar certas decisões. Mas cabe a mim procurar minha felicidade.

Reason to live


.


Você é a razão por que eu vivo
Quando o sol se põe
Nós mergulhamos na noite,
Você é a razão porque eu entrego
Entrego a você todo o meu coração
Invés do meu orgulho, invés do meu orgulho
Eu vejo o seu rosto por todo lugar que eu vou
Eu escuto a sua voz no vento que bate
Às vezes me pergunto se estou perdendo o chão
Mas eu sei que um grande amor é difícil de se encontrar.


Resposta.


.


Era hora de deitar , afinal de contas já estava tarde.
Mas ela não estava com sono, a madrugada fazia ela refletir sobre tudo que acontecera naquela tarde, naquela semana, naquele mês. Os últimos acontecimentos foram de grande impacto em seu psicológico, poderia ter sido pior, mas mesmo assim foram profundos.
Foi naquele dia, que veio o medo. Medo de tomar mais atitudes precipitadas. Medo de fazer algo que não soasse bem ao ouvido de quem ela mais se importava naquele momento. Medo da perda, ou até mesmo o medo de continuar nessa incerteza.
Ela precisava de palavras, mesmo que muitas atitudes tivessem sido tomadas, mas ela estava tão cega que não conseguia enxergar nada.
Ela falou. Ela tinha medo da resposta depois de tanto ter falado, e acabou pedindo por silêncio. Passaram dias, e agora o que ela mais precisa é de uma resposta. O silêncio que ela pediu, agora lhe atormentava. Ela precisava de uma resposta.
Mesmo que fosse um ...
- Não!

Ela precisava viver sem aquele tanto de medo.

Aprendi.


.


Aprendi que devo dizer adeus para as pessoas que eu amo, e deixando-as existentes em meu coração. Que sorrir é necessário. Sorrir pra quem não gosta de mim para mostrá-las que sou diferente delas ou do que elas pensam sobre mim. Sorrir, quando na verdade quero é gritar as minhas dores.
Passei a fingir que tudo está bem quando na verdade está péssimo, para que assim eu acredite que tudo vai melhorar. Falo muito, mas aprendi a me calar e ouvir.
Os erros? Incontáveis, porém necessários, aprendi muito com eles. Pois a cada dia tento ser uma pessoa melhor. Passei a ser mais forte para ajudar os que eu amo, quando eles estão com problemas, e a ouvi-los quando precisam desabafar.A ser mais carinhosa com todos que precisam do meu carinho, e também porque preciso do carinho deles.
Aprendi a mostrar o meu amor, para quem amo. Porque quem sabe assim, eles possam me amar também.

Drugs!


.


Kerollaine encontra-se mais uma vez cantarolando:
- Te dei o sol, te dei o mar
Pra ganhar seu coração.
Você é raio de saudade,
Meteoro da paixão,
Explosão de sentimentos
Que eu não pude acreditar.
Ah! Como é bom poder te amar! ♫♪

Sua mãe ao chegar em casa, pergunta:
- Que isso Kerollaine?

- Música né mãe, estou cantando!

- Pois pare. Isso não é música , é POLUIÇÃO SONORA.



...FATO


Tentativa.


.

- Manuele prepare a sala de cirurgia por favor?
- Ele vai ser mais um para ganhar experiência Dr. Marco?
- Claro que não, vamos operá-lo para tentar salvá-lo.
- Mas... O senhor não acha , quer dizer ... Ele já está em péssimo estado doutor, ele está ( a menina gagueja ) quase morto! Pra que operá-lo?
- Ainda há respiração e o coração ainda bate. Então à uma tentativa.

Cinco horas depois.

Vem o doutor de cabeça baixa, enxugando as mãos.
A enfermeira se aproxima, olha em seus olhos e percebe o que houve pela tristeza em seu olhar. O Dr. Marco lhe pergunta:
- Onde está a família?
- Logo ali doutor , mas antes, posso lhe fazer uma pergunta?
- Sim.
- Deve ser muito difícil da uma noticia dessas. Como o senhor consegue, ser tão forte?
- Querida Manuele, lembra quando você disse que ele já estava quase morto, e em seguida me perguntou pra que operá-lo, e eu lhe disse que ainda havia uma tentativa?
- Lembro-me sim.
- Essa é a minha força para dar a notícia a família...


... Agora posso dizer a eles que tentei de tudo!






.


.

O único digno de idolatria,
e do mais sincero e verdadeiro amor.
Aquele que nos protege, nos acolhe.
Que limpas nossos olhos quando eles choram.
Aquele que só de ouvir , ou pensar em seu nome
já transforma vidas e enche corações de alegria.
Aquele que nos amou, nos curou e libertou.

Jesus , eu te amo !


.

Queria te ter de volta em meus braços
Mas você nunca foi meu
Queria viver o sonho
Onde vou ao encontro teu
Mas, a cada dia que passa
Meu destino se separa do seu.
Ingrid Rodrigues

Até quando...


.


Vim aqui por meio de palavras tentar expressar o que vivo e sinto.
Já que meus sentimentos é tão difícil de transmitir, não sei se foi eu que me fechei para o mundo, ou o mundo que se fechou para mim.

O mundo é aquela pessoa que sem perceber consegue tudo de você.
É aquele pessoa que você ama mas por escondido. E de tanto tempo se escondendo, a cada dia vai ficando mais difícil e mais dolorido esconder tanto carinho.
A questão é...
... falar ou continuar escondendo?

Vamos ver até onde meu coração suporta.


Descoberta.


.

~~~

Me rendi à coisas que eu nunca me renderia, só para poupar brigas e constrangimento. Mergulhei no desconhecido só para sentir o sabor do que é novo. Tentei entender o sentido da vida. Tentei entender as pessoas. E descobri, que viver vai além de qualquer entendimento. E que as pessoas podem ser sempre elas mesmas, mas nunca serão as mesmas. Então temos que compreendê-las. Temos que amá-las.

~~~

Ingrid Rodrigues

Brincadeira


.

- Mas, como é, essa brincadeira? Perguntou Júlia.
- É bem simples...
Antes de terminar a frase. Entra ele. De blusa branca, radiando o caminho, com seu olhar sedutor, que fez Sophie suspirar - Como ele é lindo..
- O que você disse ?
- Nada Júlia, nada! Responde a garota desconfiada.
Então, vinha ele, ao encontro das duas moças. Ao chegar Júlia afobada como sempre, inclui Jake na conversa , sem mesmo pedir autorização.
- Sophie estava falando sobre uma brincadeira antes de você chegar. Bom que agora, ela fala pra nós dois.
- Sério? Que brincadeira é essa Sofi? Ela amava quando ele à chamava assim.
Sophia rir , meio de lado e diz:
- Você não pode saber Jake!
- Mas porque? Pergunta os dois , sem entenderem absolutamente nada.
Sophie começa a conversar consigo mesma em seus pensamentos solitários.
Júlia sai indignada, resmungando. A garota odiava quando a amiga fazia isso.
Jake no entanto insistiu que Sophie contasse o porquê que ele não poderia saber da tal brincadeira.
Sophie criou um pouco de coragem o pronunciou tranqüilamente cada palavra.
- Você brincaria comigo?
- Sim
- Deixaria eu brincar com você?
- Sim. Mas que brincadeira é essa? Jake já estava roendo de curiosidade.
- A da Felicidade.
- Felicidade? Repetiu o rapaz sem conseguir entender.
- A brincadeira é o seguinte...

... Você me deixa te fazer feliz,
que eu ficarei feliz de estar com você.
E assim ficaremos felizes juntos meu querido Jake.



Ingrid Rodrigues












.

►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄



Nos meus disfarces mais sutis, pego-me nas minhas mentiras, e como você ainda não percebeu? Não sei. Mas vou vivendo-as para que assim, minha verdade não seja exposta.
Muita intimidade. Muito afeto. Você vai vivendo, eu também. E a nossa liberdade é que nos aproxima tanto. Tanta aproximação, nenhum compromisso. Pode ser erro, mas nenhuma palavra será expressada. Um dia, você pode até partir para sua "tal liberdade". Longe de mim. Eu não irei impedi-lo de ir. Mais um erro. Porém ficarei torcendo para que um dia você volte. E ao voltar, espero que não seja tarde demais...

E eu não te ame mais.


Ingrid Rodrigues
►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄►◄

Right here Waiting ♪


.


Wherever you go
Whatever you do
I will be right here waiting for you
Whatever it takes
Or how my heart breaks
I will be right here waiting for you

But I can't get near you now!


[ Veja e leia a tradução ]


.


.


Palavras sopradas ao vento, vindas de um coração, que não encontra mais motivos para amar.
Pois sabe que, se estas lindas palavras nunca chegará ao desejado receptor, pois foi junto com o vento, para o nada.

7 coisas ...


.


Fui desafiada por Bianca Fernandes do blog Espera um chá? , e eu adoro um desafio.Que é o seguinte; São7 perguntas, para cada pergunta 7 repostas.
E as perguntas são:
7 coisas que pretendo fazer antes de morrer:
- Ter um Bernese Mountain Dog (é lindo demais *--*)
- Filhos gêmeos (caso eu não tenha sorte um casal).
- Pular de pára-quedas.
- Escrever um livro
- Fazer uma tatuagem
- Viajar pra Vegas e outros lugares do Exterior
- Passar uma semana em uma ilha, com todas as mordomias, e esquecer dos problemas , de tudo.

7 coisas que mais digo:
- Jengas! ( kkkk)
- Ahan.
- Vey (eu tenho que parar de falar isso :@).
- Me ouve que é sucesso.
- Relaxa que eu tenho um plano
- Que merda hein?
- Uma questão de Melosquência!

7 coisas que faço bem:
- Manipular.
- Perturbar.
- Cozinhar (cookies *-*)
- Escrever (eu acho , e quando eu quero)
- Me controlar quando eu quero. HAHA
- Observar
- Ignorar

7 defeitos meus:
- Sou agoniada.
- Quero fazer tudo ao mesmo tempo.
- Odeio esperar.
- Ansiosa demais
- Falo alto :S
- Enrolada

7 coisas que amo:
- Ir ao cinema
- Ler
- Ouvir música
- Ganhar presentes *-* (quem não gosta)
- Receber massagens
- Rir
- Sorvete *-*

7 qualidades:
- Perdoar
- Me adapto fácil
- Amigável
- Companheira
- Sei encarar grandes problemas e ignorar futilidades.
- Determinada
- Sou animada

7 pessoas para fazerem o jogo dos sete (ordem alfabética):
- Águas escuras do blog - Revelação do meu eu
- Anny Karollynny do blog - Outro atêlie
- Caroline do blog - 7 vezes
- Fernando do blog - Real Brasilia FC
- Jussielly do blog - Conscientemente inconsciente
- Tito do blog - Queixas Noturnas
- Thylma Kallynny do blog -
Contos de Kallynny





Foi por acaso?


.

Nas minhas aventuras de criança, nas minhas mentiras ingênuas, nos meus sonhos impossíveis,
lembro- me que um deles era me casar com o menino perfeito. Sua imagem era projetada na minha mente, de forma embaçada, onde seu rosto nunca me era legível, mas, eu sabia que ele era perfeito, que nem seu nome. Eu dizia para mim mesma que um belo dia este rapaz iria aparecer em minha vida.

Enfim o que eu quero dizer, é que eu nunca tinha conhecido uma pessoa com este nome. Afinal, há coisas na vida, que são coincidências, outras irrelevantes, outras de extrema importância. Mas há também, aquelas que passamos anos esperando que aconteça, e quando elas acontecem...
... elas simplesmente acontecem.
E vão acontecendo, e é bom que deixamos acontecer.

Uma vez que, o que for pra ser será. Queria que meus sonhos de criança tornassem-se real.
Pode ser que sim , e eu tenha uma linda história pra contar para os meus netos , ou pode ser somente mais uma história bonita, passageira, mas de extrema importância. Afinal de contas nada acontece por acaso. E se no acaso acontecer, sorte minha que acasos também acontecem.
Então vou deixando acontecer.


.

All star vermelho...


.


Vou lhes contar uma história.
E ela inicia-se assim...

Ela era uma menina linda, uma bela criança de olhos puxados, cabelos pretos e lisos.
Passava tardes desenhando. Ela tinha o potencial de passar suas imaginações para o papel.
Pouca era as crianças que nem ela, calma, muito inteligente para sua idade.
Nos seus segredos, o que ela nunca se esquecera, era de um dia se casar com um lindo menino, de all star vermelho.

A linda menina de olhos puxados , foi crescendo, e seus sonhos foram mudando, o que antes lhe era essencial, passara a ser inútil.
Foi em um dia qualquer, que ela havia marcado com uma amiga de ir para o cinema. Ela chegou atrasada, e todos já estavam na sala. A amiga havia levado, umas quatro pessoas que ela não conhecia, mas o seu olhar se encontrou com um dos quatro que sua amiga havia levado. Ela ficou o filme todo olhando pare ele. Para a beleza que ela nunca tinha presenciado antes.

Eles foram apresentados. Mas, continuaram a se encontrar, e a amizade entre eles foi só aumentando. A cada dia. Mais e mais.
E dessa amizade surgiu, o que dizemos "as borboletas no estômago", queriam passar horas e horas juntos. Nada entre eles havia acontecido, mas , eles não ligavam. Ambos, queriam apenas perder cada minuto de seus dias, olhando um para outro, sorrindo, compartilhando segredos,
brincando, ou simplesmente fazendo nada.

Em um dia de primavera, ele ia ao encontro dela, com as mais belas orquídeas em uma de suas mãos, com o sorriso que poderia lhe fazer garoto propaganda de uma marca de pastas de dente, se ele quisesse. Enfim, ele vinha lindo, simpático, caminhando lentamente com seu all star vermelho nos pés, em direção a garota de olhos puxados.

Ela, ao ver aquela cena, passou em sua mente com um "flash", os seus sonhos e pensamentos de criança , de um dia se casar com o incrível e lindo menino de all star vermelho.

Foi naquele dia que seu sonho, dava um passo para a realidade.
O garoto de all star vermelho ao se aproximar na menina de olhos puxados.
Olhando firmemente em seus olhos, entregou-lhe as orquídeas, ajoelhou-se,
e pronunciou calmamente , quase como sussurro.

- Você quer namorar comigo?

Descanse em paz, meu amor...


.


Ali encontravam-se os sete amigos.
E uma verdade sobrenatural, que amedrontavam-os . Ao ser revelada, a verdade, veio com uma rajada de vento que parecia vir das entranhas da terra, levando as folhas mortas que corriam os túmulos. Parou rapidamente , como viera.

Em seguida a ventania veio com uma completa paz que tomou conta do cemitério.
A chuva diminuiu e uma garoa leve , perfumada, envolveu os corpos molhados daqueles amigos.

Entreolharam-se. O grupo agora era somente seis.
Alexandre não estava mais entre eles.

Márcia estava calma. Ajoelhou-se à beira do túmulo e sorriu.
Beijou ternamente a ponta dos dedos e jogou o beijo na direção do túmulo.
Num sussurro , despediu-se , como se orasse:

- Descanse em paz, meu amor ...



"Descanse em paz , meu amor" de Paulo Bandeira.
Adaptado por Ingrid Rodrigues.


"É inevitável , quando dois corações se encontram, e olhares se cruzam, o coração fica pequeno para tanto amor. Onde, a paz é encontrada na compreensão , que nem mesmo a morte foi capaz de tirar."

Ingrid Rodrigues

Aos 16...


.

... vivi o que muitas pessoas de trinta anos, ainda não viveu.

Corrige meus erros. Aprimorei minhas qualidades.
Deixei para trás todo mal que me fizeram e tudo de ruim que
me rodeava. Chorei lágrimas de amor, de tristeza e de alegria.
Conheci pessoas que levarei para minha vida inteira.
E outras que eu sei, ou não. Mas o tempo pode levar.
Assim como ele levou, 'coisas' boas, porém inesquecíveis.
"Lembranças boas não me faltarão"
Assim como ele levou, 'coisas' que eu nem quero me lembrar.
"Ainda bem que 'coisas' também se vão"
Hoje comemoro meus 17 anos e nele quero viver,
quero chorar, pular, cantar, sorrir.
E aprender o que ainda não foi aprendido.
E errar muito, pois se no final nada for concertado.
Pelo menos eu vou ter aprendido errando.
E é pra isso que estamos aqui, pra errar, aprender, concertar e VIVER.


Parabéns pra mim

20|10|2010

Aquele "NOME"


.

Aquele "NOME"

Lembro-me que quando era pequena , pra ser mais precisa com os meus oito anos, tinha em minha mente um nome. Ele era masculino. Eu o achava o nome mais lindo do mundo. O jeito como soava, como se pronunciava. Ele começava com a primeira letra do alfabeto. Era o nome que eu daria a um filho, afinal, não pensava em namorar , mas poderia ser o nome do meu esposo, como não era possível , coloquei o nome em um boneco que me pertencia, no qual havia ganhado no dia das crianças.


Mas, era um nome que tinha que pertencer a um ser vivo. E eu não conhecia ninguém com aquele nome, só um cantor, e quem não o conhecia? Ele era famoso. Mas eu queria alguém perto de mim, para eu poder repentinamente pronunciar aquele nome. Alguém que eu amasse , que eu conhecesse e que me amasse também. Foi então que a oportunidade veio, duas tias minhas estavam grávidas, quando soube, pulava de alegria. Eu era uma criança. E crianças gostam de bebês.

Recordo-me que ficava perturbando as duas , que se fosse menino, que elas colocassem o nome que eu tanto gostava. Para minha surpresa, os dois bebês eram meninos. Eu fiquei louca, afinal, criança perturba mesmo.
Ia todo dia na casa de uma delas, e falava - Tia põem esse nome. Chegava a dar raiva. Eu insistia muito. E continuei a insistir durante toda a gravidez.

Foi então que os bebês nasceram, uma das minhas tias não colocou o nome que eu tanto queria em seu filho, mas ainda havia uma chance. Minha outra tia. Mas ela não dissera , e também o bebê não nascera saudável. Ao ver minha tia aflita junto com o restante da minha família, não dei mais importância ao nome, só queria que ele ficasse bem. Pra eu brincar com ele. Crescer com ele.

Passaram-se uns tempos, e ele nem chego a viver direito, e se foi.
Fiquei muito triste, ele era tão lindo, tinha os olhos cor de céu.
Tinha a pele branquinha, cabelos lisos e escuros como a noite.
Tinha o nome mais lindo...

...o que eu escolhi para ele.

Ingrid Rodrigues

Nós dois


.

Existem milhões de coisas entre nós dois que ninguém
nunca irá saber, mesmo que soubessem
provavelmente nunca iriam entender!
"...intimidades, brincadeiras, só a gente entende.!"


(desconhecido)

Filosofia de vida.


.


“Sabe, Linus, eu tô desenvolvendo uma nova filosofia, eu só preciso suportar um dia por vez.”


(Charlie Brown)

O amor nasce...


.

... de um olhar,


cresce de um carinho, alimenta-se de um beijo, vive de um sorriso, morre de ingratidão e ressuscita de um perdão.

(desconhecido)

A Menina e o seu olhar.


.


Era um vez uma Menina com olhar firme.
Seus olhos falavam por ela, revelavam seus sonhos, demonstravam seus sentimentos.
Tinha costume em conversar usando somente um olhar. Devido a isso, havia momentos que o seu silencio falava mais, em algumas vezes seus receptores entendiam, mas não com muita frequência. Ela desejava que somente um compreendesse o que seus olhos diziam. Em momentos parece que que esse "um" entendia. Mas está fazendo um jogo.
Há Menina! Será que seus olhos não percebem esse jogo?
Vai lá ganhe!
Menina você conseguiu tirar a grade dos olhos, mas será que ainda há um cisco?
Menina de grandes amigos, de grandes sonhos... Acorde a vida é agora.
Não deixe grandes oportunidades passarem.
Há Menina dos olhos indecisos... chegou a hora de tomar decisões.
Escolhas tem que ser feitas!

Ingrid Rodrigues

Problemas?!


.




Charlie Brown: "Esse seu muro de pedras está sendo sua nova terapia, Linus. Toda vez que estiver com um problema você pode vir aqui e colocar mais uma pedra"

Linus: “Não têm tantas pedras assim no mundo, Charlie”.


Eu poderia falar para encararmos nossos problemas, mas, tem horas que eles veem pra nos testar, então é nesses momentos que temos que ter paciência , para resolve-los ou dependendo da gravidade, "estressar pra que?".
Não vamos construir um muro de problemas , por que ele pode ficar alto demais , tampando nossa visão e impedinho de vermos a realidade e de corrermos atrás de nossos sonhos.

Aprendendo...


.



Lucy: "Olhe de outra maneira, Charlie Brown, nós aprendemos muito mais das falhas do que das vitórias."


Charlie Brown: "Isto me faz a pessoa mais esperta do mundo."



“É melhor ter amado e perdido do que nunca ter amado na vida”.

Se o amanhã não vier ...


.


...eu fiz tudo que podia ter feito.
Tudo que estava ao meu alcance.
Não quero me arrepender do que não fiz
Por isso meus abraços são sempre fortes, sinceros.
Meus carinhos são profundos, intensos,
ou até mesmo meus tapas e murros, são "de querer bem".
Posso ser conhecida pelo o que for, mas, luto até o fim para que quem amo não saia da minha vida tão facilmente.
E ao sair, foi com lindas palavras.
Foi com um abraço bem apertado.
Com um beijo apaixonado.
Ou até mesmo com lágrimas de despedida que me 'auto-consolava'
Recordo-me de momentos que se eu pudesse teria gravado
para poder olhar e ouvir aquelas palavras ditas , vezes
após vezes, sem me cansar. E me deitar na cama como uma boba.
Uma boba apaixonada, por você.



Je t'aime plus qu'hier moins que demain!

Instantes


.


Quero instantes inacreditáveis , quero momentos inacabáveis, ainda quero correr muito descalça pela rua, tomar muitos sorvetes, quero cometer muitos erros, e não tentar ser perfeita, pois ela não existe, quero ir pra lugares difíceis de se achar, quero subir nas mais altas montanhas, quero ver a terra de cima.
Vou pensar menos nos problemas imaginários , e parar de sofrer por antecedência, e me focar nos problemas reais, e adquirir mais deles , afinal a vida é um problema , e eu estou aqui pra soluciona-lo.
Quero ter meus 80 anos e pensar.
" Não posso ter feito tudo, mas fiz tudo que pude fazer"


Ingrid Rodrigues

Sua chave, meu coração.


.


Nossos segredos estão guardados , nossos momentos foram bem projetados,
alguns até revelados, outros somente, guardados no coração.
Sim o coração, um baú de lembranças e sentimentos.
Que agora se encontra , dentro de um outro baú guardado a seis chaves.
Era pra ser sete, mais uma tem dono.
Pra ser sincera, queria nem mesmo precisar usar as outras seis.
Queria que ele estivesse aberto ao seu primeiro dono de verdade.

Ele vai amolecer novamente , com o tempo , quem sabe.

E isso é uma questão de Melosquência!

Ingrid Rodrigues

.


.

Existe uma verdade em seus olhos, dizendo que você nunca me deixará...

... Podem tentar, mas nunca poderão definir
O que tem dito o seu coração ao meu.


.



A vida passa tão rápido, uma hora estamos de um jeito,
seja nosso coração, nossa aparência , nossos amigos enfim, tudo.
Mas vamos vivendo. Então paramos para ver fotos passadas,
e percebemos o quão o tempo que passou.
Não podemos perder nosso tempo.
Vamos dizer mais eu te amo.
Vamos amar mais, seja intensamente , instantaneamente, que seja.
Não perca seu tempo.
E falando em tempo, o meu se perde , mas se perde de forma tão produtiva,
de uma forma feliz, afinal estamos aqui pra buscar a todo tempo felicidade.
Felicidade eu sinto , ao conversar besteira, ao rir, ao chorar, ao reclamar,
ao tudo.
Momentos que passamos nos decifrando, brincando, perturbando um ao outro. Enfim ...
Se sabe tudo de mim e eu de você.
A vários tipos de amores , um deles eu sinto por você *o*
Obrigado por entrar na minha vida, meu amigo, meu irmão.

Eu te amo

Caminhando ...


.


Caminhando pelos blogs , percebo algo muito interessante.
Percebo um alívio que não se encontrava só em mim. Esta presente em outros corações.
Vejo que a chuva veio em bom momento , limpando almas , transformando sonhos, acordando vidas.
Percebo valores de amigos ,que nada nem ninguém pode comprar ou tirar. Percebo onde sempre esteve minha alegria. Percebo como é bom sorrir, como é bom liberar as energias e ficar cansada de tanto correr , de tanto rir, de tanto fazer nada, de simplesmente deitar e pensar na vida , em como vai ser ou em como foi.
Nada de arrependimentos nem remorsos, pois foi bom enquanto durou e se não durou, é porque não era pra durar.
Arrependimentos , não mesmo.
Remorso, talvez sim, pois ele é passageiro e nos faz sentir uma culpa instantaneamente, mas em seguida voltamos a fazer o mesmo. Eu faria tudo de novo e igualzinho.
Então viva, erre , concerte, erre novamente, se arrependa pra algumas coisas, sinta remorso por outras, chore , sorria, sinta, transmita.
No entanto o único que pode te julgar morreu na cruz por você.
Pois cada dia passamos por uma metamorfose, afinal, não somos os mesmos de ontem, e nem seremos os mesmos amanhã.

Ingrid Rodrigues




Sentindo-se em casa


.


Certos amigos têm um jeito
de morar dentro de nós.
Eles entram em algum recinto vazio de nosso coração e
colocam cortinas coloridas,
espalham tapetes macios,
enfeitam as paredes com quadros de
momentos amáveis e fantásticos,
depois começam a acender um fogo
gostoso ao lado de duas
cadeiras de balanço.
Talvez não saibamos exatamente quando
tais amigos vêm para morar,
mas nos sentimos tão felizes quando eles vêm!
Obrigado por vim, te amo.


Quem perdeu pode ganhar ♪


.



Chega a ser engraçado , como a vida tem que nos ensinar da pior forma, ou melhor forma. Tanto faz, o importante é que aprendemos.
As coisas vem numa bandeja recheada do que não presta, 'gorduras trans', calorias, e etc. É ai que erramos e caímos de boca, e nos lambuzamos. Em seguida vem as dores , doenças ,enfim, as conseqüências. Aconteceu isso, por sorte, o remédio estava bem ao lado, olhando como se soubesse de tudo desde o principio. Me curei, e agora consigo enxergar, o banquete que havia preparado pra mim.

_________________

Um dia agente perde, no outro percebemos que a perca foi necessária, fazendo-nos abrir os olhos, fazendo-nos ganhar algo que nunca ganharíamos. Quem perdeu pode ganhar.Quem perdeu? Agora não importa. O que importa é que se ganha, ao se perder, pois melhor sair perdendo e depois ganhar com a perca, do que se perder e nunca mais conseguir se achar.

E isso é uma mera questão da Melosquência!

Ingrid Rodrigues


“sem querer“.


.


Não somos apenas o que pensamos ser. Somos mais; somos também, o que lembramos e aquilo de que nos esquecemos; somos as palavras que trocamos, os enganos que cometemos, os impulsos a que cedemos...“sem querer“.
Somos também, aquilo que queremos ser, somos um pouco de cada um que vive conosco.
Somos mais dos nossos pais do que imaginamos, "sem querer".
Somos até o que não queremos,
seja pelo um momento de raiva ou de dor. Somos mais forte do que imaginamos, somos cada um , em cada dia com cada alguém. "sem querer"
( Freud, com adaptação)


E isso é uma questão de Melosquência!



.

"O caráter de um homem é formado pelas pessoas que escolheu para conviver"

Eu só queria ficar com você.


.


Deitada perto de você, sentindo o seu coração bater
E imaginando o que você está sonhando
Imaginando se sou eu quem você está vendo
Então beijo seus olhos e agradeço a Deus por
um dia termos ficado juntos.
Eu só queria ficar com você.
Deitada debaixo de uma árvore, esquecer do tempo
Esquecer de tudo.


"Quem sabe um dia eu tenha esse momento, ai sim, será só eu e você...


... para sempre, para todo o sempre"

Broken heart


.

Queria que reparassem no que faço, pois, é tão difícil, tais afetos vindos de mim serem expressados. Não é orgulho, mas, consequência de um coração machucado que precisa de amor.
...Save me from myself !


Ingrid Rodrigues

If Today Was Your Last Day (tradução)


.


Meu melhor amigo me deu o melhor conselho
Ele disse: cada dia é um presente, não um direito adquirido
Não deixe pedra sem virar
Deixe seus medos pra trás
E não leve a vida apenas como uma mera passagem
O primeiro passo que você dá é o salto mais longo.


Se hoje fosse seu último dia
E amanhã fosse tarde demais
Você poderia dizer adeus para o ontem?
Você viveria cada momento como se fosse o último?
Deixaria velhas fotos no passado?
Doaria cada centavo que você tem?
Se hoje fosse seu último dia

Ir contra o que é natural deveria ser um modo de vida
O que vale a recompensa sempre se vale a briga
Cada segundo conta porque
não há segunda chance
Então viva a vida tal qual você não o fará duas vezes
Não deixe sua própria vida à deriva

Se hoje fosse seu último dia
E amanhã fosse tarde demais
Você poderia dizer adeus para o ontem?
Você viveria cada momento como se fosse o último?
Deixaria velhas fotos no passado?
Doaria cada centavo que você tem?
Ligaria para aqueles amigos que você nunca vê?
Lembraria-se de velhas memórias?
Perdoaria seus inimigos?
Encontraria aquela pessoa com a qual você sonha?
Jurando "de pés juntos" ao Deus lá de cima
Que você finalmente vai se apaixonar?
Se hoje fosse seu último dia

Se hoje fosse seu último dia
Você impressionaria curando um coração partido?
Você sabe que nunca é tarde demais
Para pedir para as estrelas
Independentemente de quem você é
Então faça o que for preciso
Porque você não pode rebobinar
Um momento nesta vida
Não deixe nada atrapalhar o seu caminho
Pois as mãos do tempo nunca estão do seu lado

Se hoje fosse seu último dia
E amanhã fosse tarde demais
Você poderia dizer adeus para o ontem?
Você viveria cada momento como se fosse o último?
Deixaria velhas fotos no passado?
Doaria cada centavo que você tem?
Ligaria para aqueles amigos que você nunca vê?
Lembraria-se de velhas memórias?
Perdoaria seus inimigos?
Encontraria aquela pessoa com a qual você sonha?
Jurando "de pés juntos" ao Deus lá de cima
Que você finalmente vai se apaixonar?
Se hoje fosse seu último dia.

Nickelback

- "Eu te amo"


.

As lágrimas são o resultado de um coração agoniado e indeciso, onde o ego
vai se acabando. Então pergunta-se, para onde foram aquelas lindas palavras sopradas aos ouvidos e as promessas tiradas do coração e expressadas por palavras.

- "Eu te amo"


Ingrid Rodrigues

All About Lovin' You'


.




Já estive no inferno e voltei
E dentre tudo isso você sempre foi meu melhor amigo
Por todas as palavras que eu não disse e todas as coisas que eu não fiz
Hoje vou encontrar um jeito ...



... Every time I look at you, baby, I see something new

Soube que me amava


.


E quando longe eu estava
Percebi que o teu carinho e o teu amor
Eram pra mim como um sussurro,
Ouvi tua voz no meu silêncio
Me chamando cada dia mais pra ti.


Aline
Barro
s

Game over


.

Estava quase em um estágio de perfeição, era de dar medo.
Em um dia se comenta, " Está indo tudo certo" e no mesmo as coisas começam a desandar.
Entretanto ainda restam um pouco de horas para o Fim do dia.
Ao contrário...






...


Ingrid Rodrigues


.


Chorar não resolve, falar pouco é uma virtude. Aprender a se colocar em primeiro lugar não é egocentrismo e o que não mata, com certeza fortalece. Vontades efêmeras não valem a pena, quem faz uma vez não faz duas necessariamente, mas quem faz dez, com certeza faz onze. Essa história de que é melhor acordar arrependido do que dormir com vontade é mentira! Perdoar é nobre, esquecer é quase impossível. Nem todo mundo é tão legal assim, e de perto ninguém é normal. Quem te merece não te faz chorar, quem gosta cuida, o que está no passado tem motivos para não fazer parte do seu presente. Não é preciso perder pra aprender a dar valor, e os amigos ainda se contam nos dedos. Aos poucos você percebe o que vale a pena, o que se deve guardar pro resto da vida e o que nunca deveria ter entrado nela. Pra qualquer escolha segue alguma consequência. Não tem como esconder a verdade, nem tem como enterrar o passado. Ás vezes mudar é preciso, nem tudo vai ser como você quer... a vida continua! O tempo sempre vai ser o melhor remédio.