Pular para o conteúdo principal

Querida futura namorada ...



Não me ame por minhas qualidades nem pelo meu romantismo.
Me ame por minhas caretas, pela música alta que eu ouço no carro, pelo cabelo bagunçado, pelo jeans folgado que parece ser do meu avô…
Não me ame por eu te mandar flores…
Me ame por eu roubar sua batata frita durante o filme, por te molhar com refrigerante e rir, por assanhar seu cabelo - e por saber que você vai detestar quando eu fizer isso.
Não me ame por eu lembrar do dia dos namorados e te levar pra jantar…
Me ame por eu te levar pro cinema em plenas duas tarde, te obrigar a enfrentar a fila comigo enquanto eu conto piadas ridículas sobre sapatos e pokemons. Me ame por eu rir dos romances e chorar nas animações.
Não me ame por minha seriedade.
Me ame pelo meu jeito bobo de agir, por minha mania de rir à toa, de fazer babaquices na rua - como te puxar pra dançar do nada e perguntar seu nome - e corrigir, dizendo que não, seu nome não é esse, seu nome é o apelido idiota que me vier na mente naquele momento.
Não me ame - por favor - por nunca olhar para outras garotas.
Me ame por olhar as outras e nunca encontrar nelas o que tem em você. Por repetir mil vezes que nenhuma outra vai me fazer sentir como se voasse entre as nuvens e mergulhasse numa taça de sorvete. Me ame por não me importar de estar cercado de outras, sendo que meu pensamento vai ser sempre e somente em você.
Não me ame por te olhar como se você fosse uma deusa.
Me ame por te olhar como se você fosse meu travesseiro, por querer te agarrar em pleno lanche e sujar suas bochechas com catchup, por te olhar nos olhos antes de te dar um beijo e dizer que você é meu ursinho de dormir - me ame por ser ridículo e falar coisas ridículas.

Não me ame pelos motivos errados.
Me ame por te amar tão intensamente, a ponto de ser impossível pra mim fingir ser quem não sou.


autor desconhecido


Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

.

Aprenda a apreciar o que você tem. Antes que o tempo faça você apreciar aquilo que tinha !

Ontem, foi ontem.

Tem horas, que não queremos de forma alguma alguém do nosso lado, pelo fato de não querermos nos sentir preso, ou por simplesmente por não querermos compromisso. Ou sonhamos acordado com a pessoa que tanto desejamos: cabelo liso, preto, loiro, alto, forte, carinhoso, olhos claros, olhos escuros ... e etc. Mas esquecemos, que a realidade é bem mais interessante que imaginações e sonhos. Pois a realidade que nos faz sentir o coração bater mais forte, que nos faz perder noites de sono de tanta felicidade - pois não conseguimos parar de pensar em tal momento- a realidade confusa, de não saber como será o amanhã, mas que nos conforta de saber que ontem, foi ontem, e que dele restou lembranças, se boas; a saudade, se ruins; o alívio que ontem, foi ontem. E não volta mais.
Rodrigues.Ingrid