Descanse em paz, meu amor...


Ali encontravam-se os sete amigos.
E uma verdade sobrenatural, que amedrontavam-os . Ao ser revelada, a verdade, veio com uma rajada de vento que parecia vir das entranhas da terra, levando as folhas mortas que corriam os túmulos. Parou rapidamente , como viera.

Em seguida a ventania veio com uma completa paz que tomou conta do cemitério.
A chuva diminuiu e uma garoa leve , perfumada, envolveu os corpos molhados daqueles amigos.

Entreolharam-se. O grupo agora era somente seis.
Alexandre não estava mais entre eles.

Márcia estava calma. Ajoelhou-se à beira do túmulo e sorriu.
Beijou ternamente a ponta dos dedos e jogou o beijo na direção do túmulo.
Num sussurro , despediu-se , como se orasse:

- Descanse em paz, meu amor ...



"Descanse em paz , meu amor" de Paulo Bandeira.
Adaptado por Ingrid Rodrigues.


"É inevitável , quando dois corações se encontram, e olhares se cruzam, o coração fica pequeno para tanto amor. Onde, a paz é encontrada na compreensão , que nem mesmo a morte foi capaz de tirar."

Ingrid Rodrigues

Comentários

  1. Um dos melhores livros que eu já li
    em toda minha vida. <3
    Descanse em Paz, meu amor.
    LINDO DEMAIS !! *---*

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo! A adaptação ficou muito boa <3

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas